NOTÍCIA

A importância do uso das fichas FAD e Datec

Atenção, pessoal! Nesta quinta versão do SiAC, construtores, incorporadores e projetistas devem fazer uso das fichas FAD e Datec de avaliação de desempenho para incluir especificações dos projetos e obras. Quando fazem isso, eles já estão aportando no projeto características de atendimento à norma de desempenho demonstrando que potencialmente atenderão à ela. No entanto, apenas a execução da obra pode garantir isso.

Existem, atualmente, 48 fichas de avaliação de desempenho. A expectativa é que, em poucos anos, se possa chegar a 100, 200 para que todas as etapas da construção estejam cobertas por ela. “É um check list. Questões certificadas antes previnem contingências que podem criar dificuldades para o resto da vida naquele projeto ou ocasionar a necessidade de uma correção que pode custar muito caro. É importante que as construtoras não deixem escapar o que é crítico”, explica Marcos Galindo, representante titular da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) na CTHEC (Comitê Nacional de Desenvolvimento Tecnológico da Habitação)) e no GT SiAC (que substitui a antiga Comissão Nacional do SiAC)

Diferença entre fichas FAD e Datec:

FAD é para sistema convencional, para o qual existe norma da ABNT: alvenaria, bloco cerâmico ou de concreto, estrutura de concreto armado. Datec é para sistemas inovadores, mesmo que constituídos de elementos para os quais existem normas. A utilização das fichas não exime da necessidade de se fazerem ensaios dentro do ambiente, no local, para aferir o resultado final. Isso porque podem haver falhas executivas e deve-se sempre avaliar o comportamento dos materiais para uma execução mais segura.

Para mais informações, consulte o nosso Setor de Desempenho.